15 Comentários


    1. Bom dia Paulo,
      Show de bola a sua trajetória, somos uma evolução constante em busca de fazer a diferença na vida das pessoas e na sociedade que vivemos.
      que a nova jornada que inicia seja ainda mais interessante e desafiadora que as anteriores, pois a Jornada de criar o novo é o mais interessante e não só o resultado.

      Desejo Sucesso nessa nova Jornada !!!

      Danilo Marques

      Responder
      1. Ricardo Carrijo

        Valeu Paulo Milreu ! Gostei do artigo. Eu que conheço bem a sua carreira digital desde os tempos da Praça do Libano . Lembra-se ? ! Grande abraço ! Siga em frente !

        Responder
  1. Reginaldo Pedrassoli

    Inspirador!!! Vivemos sempre aprendendo, e há sempre o que buscar.

    Responder
  2. Daniel Rodrigues

    Paulo,

    Parabéns pelo Blog e por dividir com todos os empreendedores e interessados em empreender sua experiência. Com certeza será muito útil para fortalecer o ecossistema empreendedor que ainda é pouco estimulado em nosso país.

    Sucesso sempre!

    Responder
  3. Allan Hamer

    Parabéns Paulo,
    Pela brilhante carreira e sucesso nos novos desafios !
    Abraços.

    Responder
  4. Leopoldina Patriani

    Parabéns pela novo recomeço e iniciativa durante todos estes anos ! Sucesso o mercado necessita de pessoas como vc.
    Leopoldina

    Responder
  5. Akira Koizume

    Grande Paulo Milreu, sempre um prazer acompanhar suas transformações e o seu modo de pensar.
    Que esta seja mais uma etapa de bons frutos.

    Comentou no e-mail sobre o seu blog, sobre sua busca de temas. Bom gostaria de ver uma abordagem situacional do mercado de negociação com fornecedores do Brasil e da Ásia.

    Bom, eu continuo atuando com qualificação técnica de produtos e desenvolvimento de fornecedores e tem sido muito comum por parte dos fornecedores brasileiros somente apresentarem novas propostas de soluções técnicas quando os notifico da decisão estratégica de migrar para um fornecedor asiático (China e Coréia principalmente).

    É absurdamente rápida a atuação dos asiáticos, sua capacidade de propor alterações de projeto para minimizar custos de fabricação, enquanto que no Brasil os tecnologistas parecem ficarem “sentados” colhendo as migalhas no fim do ciclo de um produto. Efetivamente é como se os brasileiros quisessem ganhar dinheiro com o filamento de carbono da lâmpada incandescente, enquanto outros me apresentam o OrganicLED.

    E dizer que são produtos sem garantia de repetição e reprodutividade… mentira, dizer que são fruto de trabalho escravo… engano. Nesses últimos anos visitei várias empresas no sul da China e os padrões de qualidade e de condições de ambiente são muito bons.

    A logística me faria optar por um fornecedor nacional em vários casos, mas a velocidade dos asiáticos na adaptação e desenvolvimento de novos produtos me encanta…

    Bom lançado o desafio…. hehehe.

    Abração,
    Akira Koizume

    Responder
  6. Gustavo Ferreira

    Sempre em frente! Sempre inspirador!
    Como não acredito em sorte, não desejarei boa sorte, mas desejo que continue transformando seus sonhos em realidade e que continue inspirando e ajudando pessoas. Seu pai fez um ótimo trabalho como educador e como exemplo para você.
    Parabéns! Sucesso! Você merece! 😉 Avante!
    Grande abraço! Se cuide! E mande notícias.

    Responder
  7. Marilda Luiza Brandão

    Grande Paulo !!!! Sempre criativo e inovando. Já conquistou uma seguidora para o seu novo blog. Abraços e SUCESSO.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *